Hoje tem mudanças importantes no Pix! Saiba mais!

Já faz quase um ano que o Pix surgiu para facilitar o nosso dia a dia e tornar as transações financeiras menos burocráticas. Hoje, dia 29 de outubro, novas melhorias estão sendo implementadas pelo Banco Central. Melhorias estas que vão garantir que compras pela internet se tornem ainda mais fáceis!

As mudanças que entram em vigor hoje, autorizam os chamados iniciadores de pagamentos a fazer transferências via Pix dentro dos seus próprios aplicativos, confira em maiores detalhes como isso vai acontecer:

Como era até hoje?

Vamos usar aplicativos de entrega de comida como exemplo, já que é neles que uma boa parte das compras online acontecem.

Até hoje, para fazer uma compra em algum desses aplicativos, você precisava fazer o pedido e solicitar o pagamento através do Pix. O aplicativo então informava ao usuário uma série de números de até 17 dígitos, semelhante a uma chave aleatória, que o cliente deveria copiar e usar para fazer uma transferência via Pix através da sua instituição financeira.

Como fica a partir de hoje?

Agora os aplicativos que realizam vendas pela internet tem autorização do Banco Central para utilizar tecnologias que permitam que o cliente realize pagamentos via Pix sem precisar sair do aplicativo.

Ou seja, se você pedir comida pelo delivery, você consegue pagar direto pelo aplicativo, sem a necessidade de copiar e colar uma chave.

Para quem já é cliente da Conta Zap, isso significa maior facilidade nas suas compras em aplicativos, tendo em vista que você não precisará abrir o seu diálogo com o Zapelino para efetuar um pedido no iFood, por exemplo.

Vale lembrar que agora os aplicativos, como iFood e Uber Eats tem autorização para usar esta tecnologia, o que não significa que estas empresas necessariamente farão isso de imediato.

Também vale destacar que estas mudanças foram planejadas cautelosamente, com o objetivo de preservar toda a segurança que o Pix oferece. Para que qualquer transferência seja realizada é necessário uma autorização da instituição financeira, a diferença é que agora esta autorização será solicitada automaticamente pelos iniciadores de pagamentos, não mais pelos seus clientes.

As mudanças que ocorrem hoje fazem parte da terceira fase do Open Banking.

O que é o Open Banking?

O conceito de Open Banking começou a ser discutido com mais intensidade no Brasil em 2019, e o seu processo de implementação foi acelerado por conta da pandemia de Covid-19.

Trata-se de uma série de regras e tecnologias que permitem o compartilhamento de informações e dados dos clientes de diferentes instituições financeiras ou iniciadores de pagamentos através da integração dos seus respectivos sistemas de operação.

O Open Banking parte do princípio que o compartilhamento de informações deve ser feito apenas com o conhecimento e consentimento do usuário, ou seja, as instituições financeiras precisarão informar a você quais dados estão sendo compartilhados e com quem.

O processo de implementação do open banking está acontecendo de maneira gradual ao longo de todo o ano de 2021, com coordenação do Banco Central e colaboração das empresas que estão sob a sua regulamentação.

Apesar de novo, o Open Banking se provou seguro e eficaz em diversos outros países. O Reino Unido e a Austrália são considerados os países pioneiros no uso dessa tecnologia. E para que você não pense que isso é coisa só de nações desenvolvidas, outros países em desenvolvimento, além do Brasil, já deram início ao seu processo de implementação do Open Banking, como é o caso da Índia, por exemplo.

Como usar o Pix pelo WhatsApp?

A Conta Zap foi a primeira empresa do Brasil a oferecer serviços de transferência via WhatsApp. Aqui dá para enviar e receber dinheiro através do Pix sem precisar sair do seu aplicativo de mensagens favorito!

E o melhor de tudo: é 100% gratuito e livre de burocracias. Abrir a sua conta leva no máximo 2 minutos!

Além de serviços financeiros também dá pra fazer um montão de outras coisas. Como recargas de celular e outros serviços, comprar a sua Tele Sena, e participar da nossa Doação Premiada, onde você concorre a até R$44.910,00!

Aproveite agora mesmo e abra já a sua Conta Zap!

Pix Saque e Pix troco: mais mudanças a caminho!

O Banco Central está preparando ainda mais melhorias no Pix para um futuro próximo. Talvez a mais aguardada delas é o lançamento do Pix Saque e do Pix Troco, que vão permitir sacar dinheiro em espécie, através do Pix, em lojas, supermercados e outros comércios.

De acordo com o diretor do Banco Central, João Manoel de Mello, o objetivo do novo recurso é “diminuir o custo de manejo de dinheiro no varejo e oferecer a possibilidade de um serviço, uma conveniência, ao consumidor”.

Ainda segundo o BC, outro objetivo é facilitar o acesso ao serviço de saque de dinheiro às populações marginalizadas ou de baixa renda, sendo que a distribuição de caixas-eletrônicos é muito precária em algumas partes do país.

Para o Pix Saque, o procedimento funcionará de uma forma bastante simplificada e segura. Acompanhe os detalhes:

  • Antes de mais nada será necessário ter uma conta em alguma instituição financeira e ter realizado o cadastro da sua chave do Pix,  que pode ser seu CPF, número de telefone celular, e-mail ou uma chave aleatória.
  • Ao chegar em um estabelecimento cadastrado vá até o caixa e diga ao atendente que deseja realizar um saque em espécie de um determinado valor por meio do Pix.
  • O atendente irá selecionar esta opção na maquininha de cartão, na tela irá aparecer um QR code. Agora é só escaneá-lo através do seu smartphone. Será repassada da sua conta para a conta do estabelecimento o valor que você deseja sacar.
  • Feito este procedimento, o atendente irá separar este dinheiro do caixa e lhe entregar.

Já para o Pix Troco o procedimento será bastante semelhante, porém ele estará associado a alguma compra realizada no estabelecimento. Atenção, não esqueça de informar o atendente que você deseja receber um troco em espécie relativo a sua compra.

Como aproveitar tudo que o Pix tem para oferecer?

Existem várias formas de utilizar o Pix, mas muitos usuários apenas conhecem o método mais tradicional, de transferência financeira entre pessoas através das chaves.

Foi pensando nisso que escrevemos um artigo mostrando todas as principais formas diferentes de utilizar esta tecnologia e aproveitar ao máximo tudo que ela tem para oferecer.

Ficou interessado em conferir? É só clicar aqui.

Curtiu esse conteúdo? Não se esqueça de nos seguir nas nossas redes sociais e ficar sempre de olho aqui no nosso blog. Toda semana tem informações e novidades para você!

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *